• ALUNOS DE TEATRO SIMULAM CRIME


    Por Mayara Barros - Estudante

    Aula prática de fotojornalismo simula crime no estacionamento da FECOM

    Na última sexta-feira, dia 18, os alunos do 4º período de Jornalismo do Centro Universitário Cesmac apontaram suas máquinas para registrar a atuação dos alunos do Curso de Formação do Ator/Atriz da Escola Técnica de Artes (ETA) da Universidade Federal de Alagoas, na aula prática de fotojornalismo policial. Em parceria com o professor da disciplina, Beto Macário, o Coordenador do Curso de Teatro, Prof. Esp. David Farias, e o grupo de atores/alunos simulou uma tentativa de roubo seguida de homicídio no estacionamento da Faculdade de Educação e Comunicação - FECOM.
    Os atores/alunos Ariádinis Farias, Abdyanny Lopes, Eduardo Albuquerque, Bárbara Lustosa, Dayane Moraes, Dan Atanázio, Karina Liliane, Luanda Monte, Raysa Morgana, Paulo Santos e Maria Sebastiana - a Tiana - impressionaram a turma de jornalismo pelo realismo da atuação. “Me senti numa situação real e o meu dever era passar a informação, registrar o fato”, comentou o estudante Carlos Henrique Reis. Interpretando os personagens de um crime – vítima, criminoso, familiares e curiosos – os atores de ETA simularam as dificuldades reais de uma cobertura jornalística policial, ora impedindo os estudantes de fotografarem, ora pedindo socorro - todos foram acompanhados pelo Prof. Esp. Reginaldo Oliveira, se fez presente e atento a toda a açãos dos alunos.
    A Escola Técnica de Artes pertence ao Instituto de Ciência Humanas, Comunicação e Artes e oferece cursos gratuitos de Teatro, Dança e Música desde 2006. Os onze atores da instituição que participaram da aula prática acreditam que a parceria entre Cesmac e Ufal foi uma ótima oportunidade de exercitar a profissão. “Gosto quando um trabalho de nós, atores, consegue emocionar o espectador”, disse a atriz Ariádinis Fárias.